Os 6 piores inimigos da pele do homem

Alguns desses destruidores da pele você já sabe quais são faz tempo — por exemplo, o sol —, mas outros, como os doces e a poluição, talvez não conheça.

Homem No Espelho - Os 6 piores inimigos da pele do homem

Por Wilson Weigl

Fotos: Deposit Photos

Sabe quais são os 6 grandes inimigos da pele masculina? Bem, não só dos homens, mas de todas as pessoas. Alguns você já sabe quais são faz tempo — por exemplo, o sol, o grande envelhecedor e destruidor da pele —, mas outros talvez não conheça.

É o caso do açúcar, dos doces e massas, e da poluição, recentemente associados por estudos ao surgimento de acne, rugas, manchas, flacidez e perda de sustentação da pele.

Veja abaixo os vilões da pele saudável e como se proteger deles.

Oxidação

Homem-No-Espelho-Cuidados-para-a-pele-masculina

É causada pelos radicais livres, moléculas que se formam naturalmente no organismo, como resultado de seus processos metabólicos, deflagrados pela entrada de oxigênio nas células. O perigo começa quando a produção dessas moléculas nocivas se acelera por influência da excessiva exposição ao sol, do estresse, da poluição, dos maus hábitos alimentares, do cigarro e excesso de bebidas alcoólicas.

Essas moléculas são chamadas de “livres” porque são instáveis e apresentam um elétron negativo, que procura se associar a um positivo e, nessa busca, ataca as células saudáveis, provocando uma reação oxidante que danifica seu DNA. Esse processo é chamado de estresse oxidativo.

Existem cremes diurnos e noturnos e protetores solares com ativos que diminuem o estresse oxidativo da pele causado pelo sol e outros fatores ambientais que aumentam a produção de radicais livres no organismo. Entre os antioxidantes mais usados estão a vitamina C, coenzima Q10, ácido ferúlico, niacinamida (vitamina B3), betacaroteno, resveratrol (extraído da uva), chá verde e romã, só para citar alguns.

Geralmente a ação antioxidante está descrita no rótulo do cosmético. Os melhores protetores solares também contêm ativos antioxidantes neutralizadores dos radicais livres.

Glicação

Homem-No-Espelho-Cuidados-para-a-pele-masculina

Que a alimentação influencia o estado da pele, isso todo mundo sabe. O consumo excessivo de doces e carboidratos provoca o processo chamado glicação. É a quebra e o endurecimento da estrutura do colágeno (proteína que dá firmeza e sustentação à pele), causa de flacidez e envelhecimento.

Ser “formiga”, portanto, cobra um preço alto da pele. O efeito do açúcar na pele é a liberação dos chamados “produtos finais da glicação avançada”, conhecidos como AGEs (do inglês Advanced Glycation End-products). Os AGEs se ligam ao colágeno da pele de uma forma destrutiva, comprometendo sua estrutura. A glicação ocorre em pessoas de todas as idade e até mesmo em magros que ingerem muito açúcar.

Reeducar o paladar é o primeiro passo para reduzir o consumo de açúcar, segundo a médica nutróloga Marcella Garcez, diretora e professora da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN). “Devemos começar diminuindo a quantidade de açúcar ou abandonando o hábito de adoçar sucos, chás e café”, afirma.

Depois disso, é bom reduzir o consumo de doces e procurar matar a vontade de doces com alimentos e produtos sem adição de açúcar, como frutas frescas e secas ou aqueles com menos açúcar como os chocolates com maior concentração de cacau (60% ou mais). “Vale lembrar que o açúcar também está presente em grandes quantidades nos carboidratos, como macarrão, pães, bolos e biscoitos”, diz a nutróloga.

Inflamação

Homem-No-Espelho-Cuidados-para-a-pele-masculina

Naturalmente, nosso organismo utiliza-se da inflamação para se proteger. “Mas quando há o estresse oxidativo no organismo, a todo momento são liberados mediadores pró-inflamatórios. Nesse caso, o perfil inflamatório no organismo aumenta. Existem alimentos que contribuem para esse aumento da inflamação, principalmente aqueles ricos em gorduras trans, frituras de imersão e carboidratos de alto índice glicêmico”, explica o dermatologista Daniel Cassiano, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

As vias inflamatórias são ativadas e podem desencadear diversos problemas de pele, desde irritação e vermelhidão até fraqueza da função de barreira, aumentando a suscetibilidade para o aparecimento de rugas. A inflamação constante por meio da dieta também está ligada a danos teciduais que estão envolvidos no surgimento de rugas, flacidez, manchas e linhas de expressão”, explica o dermatologista.

A inflamação (uma defesa do corpo) é aumentada por alimentos ricos em gorduras trans, frituras em óleo e carboidratos de alto índice glicêmico. Causa irritação, vermelhidão da pele, acne e, se constante, rugas, flacidez e manchas.

Uma pele saudável depende de uma rotina de cuidados, porém os hábitos de vida também contam muito – e a dieta principalmente. “O que temos de mais efetivo para isso é uma alimentação equilibrada, com bom perfil anti-inflamatório, como açafrão (cúrcuma), chá verde, chá preto, gengibre, alho e cebola. Nutrientes como fibras, magnésio, vitamina D e ômega-3 também já foram destacados em estudos pelos efeitos anti-inflamatórios”, completa o médico.

Radiação solar

Homem-No-Espelho-Cuidados-para-a-pele-masculina

Nem precisava falar, né? Envelhecimento precoce, rugas, manchas, flacidez e câncer de pele são os efeitos danosos dos vários tipos de radiação do sol (UVA, UVB, infravermelha, luz visível), em um processo contínuo e silencioso.

Passar filtro solar, no rosto e no corpo, é a primeira e principal recomendação dos médicos para os cuidados com a pele. “O uso do protetor solar não é mais considerado apenas preventivo de queimaduras, mas dos danos profundos que a radiação provoca na pele”, alerta o dermatologista André Braz, do Rio de Janeiro, referência nacional e internacional em dermatologia, autor do livro “Atlas de Anatomia e Preenchimento Global da Face”.

“O processo de fotoenvelhecimento causado pelo sol é mais rápido e agressivo que o envelhecimento cronológico, causado pelo tempo”, diz o dermatologista.

O principal cuidado é usar diariamente protetor solar no rosto. Escolha Fator de Proteção Solar (FPS) 30, ou mais alto, pois abaixo disso não é recomendado. Quanto mais forte o sol e mais longo o tempo de exposição, mais alto deve ser o FPS (50, 70 ou 90). Um FPS acima de 50 também deve ser usado na praia, na piscina ou em esportes ao ar livre. Deve-se também reaplicar o filtro a cada 2 horas ou depois de entrar na água ou suar muito.

Escolha um filtro de amplo espectro. O protetor é considerado de amplo espectro quando protege a pele dos raios UVA, UVB, infravermelhos e da luz visível. Os bons protetores de amplo espectro costumam também ter ativos antioxidantes, que ajudam a diminuir a ação dos radicais livres. Cheque no rótulo as características do produto.

Poluição

Homem-No-Espelho-Cuidados-para-a-pele-masculina

99% da população mundial respira ar que excede os limites de poluentes definidos pela Organização Mundial da Saúde. A poluição libera metais pesados e tóxicos que aderem à pele, formam um grande contingente de radicais livres (veja acima Oxidação). As micropartículas tóxicas se infiltram na pele, causam inflamação, reações alérgicas, acne e envelhecimento.

Segundo a dermatologista Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, o sabonete comum consegue eliminar as partículas maiores de poluição, mas as menores são capazes de penetrar nos poros e causar danos. Por isso é fundamental incluir o uso de cremes ou séruns com substâncias antioxidantes e antipoluição, como vitamina C e niacinamida, na rotina de cuidados da pele, especialmente no caso de pessoas que moram em grandes centros urbanos”, ensina a doutora Paola.

Falta de cuidados

Homem-No-Espelho-Cuidados-para-a-pele-masculina

A aparência da pele é sempre resultado do cuidado que se dedica a ela. É preciso lavar o rosto com sabonete especificamente facial, usar diariamente filtro solar, hidratante e/ou creme anti-idade para evitar excesso de oleosidade, espinhas, rugas, manchas e envelhecimento precoce.

A rotina de cuidados com a pele não toma mais do que uns poucos minutos do seu tempo, divididos ao longo do dia e da noite. E os benefícios são muitos:

  • Proteger a pele da radiação solar, que causa manchas, envelhecimento precoce e câncer (que é bem comum entre os brasileiros).
  • Manter a pele com a hidratação natural da camada superficial formada por gordura e água, que atua também como uma barreira protetora.
  • Evitar espinhas e cravos e diminuir a acne.
  • Prevenir pelos encravados da barba no rosto e no pescoço, formando bolinhas que, quando inflamam, viram foliculite, coçam e doem.
  • Controlar o excesso de oleosidade que deixa o rosto brilhando como assoalho encerado, mesmo logo depois de lavar.

https://www.instagram.com/homemnoespelho/?hl=en

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.