Perfume: aprenda a comprar e usar sem erro

Como perfume não vem com bula, mancadas comuns são aplicar em excesso, usar o tipo errado na hora errada. Tire dúvidas sobre como comprar e aplicar perfume.

Homem No Espelho - Perfume como comprar e aplicar

Por Wilson Weigl
Foi-se o tempo em que homem se apegava a um só perfume por anos a fio e pedia os frascos do tamanho maior que encontrava na loja. Com tantos lançamentos bacanas que a gente vê por aí, está liberado ter vários e usá-los de acordo com a ocasião e o humor. Mas como perfume não vem com bula, mancadas comuns são aplicar em excesso, usar o tipo errado na hora errada ou comprar uma marca e perceber depois que ela não cai bem em você.
Para ajudá-lo a evitar que seu cheiro chegue antes de você, a especialista em perfumes Renata Ashcar, autora do livro Brasilessência: A Cultura do Perfume, tira dúvidas sobre como comprar e aplicar uma fragrância.

Como escolher o perfume ao comprar?

O ideal é testar na pele. Mas saiba que a fragrância percebida na hora vem das notas de saída, as primeiras que se manifestam, logo que você espirra o perfume. As outras partes da composição só aparecem assim que o líquido seca (as notas de corpo) e depois de meia hora (as notas de fundo). Então, a fragrância pode ficar um pouco diferente na pele à medida que o tempo passa.

Homem No Espelho - Perfume como comprar e aplicar

Dá para identificar a qualidade antes de comprar?

É difícil, porque uma das características dos bons perfumes é justamente o poder de fixação (o tempo em que o cheiro permanece no corpo). E não dá para descobrir isso na hora da compra. Para não ter erro, dê preferência às marcas consagradas. Os especialistas avisam que só dá para testar na hora três ou quatro perfumes: a partir daí seu nariz começa a embaralhar os cheiros.

LEIA TAMBÉM

O que um homem deve levar em conta ao escolher?

A compra de um perfume é sempre questão de preferência pessoal, mas tente imaginar o impacto que ele pode provocar nas pessoas em sua volta.

Existe um perfume adequado para cada ocasião?

Fragrâncias mais leves e frescas são melhores para uso durante o dia ou no trabalho, enquanto as mais encorpadas e sofisticadas combinam melhor com a noite. Mas as regras não são rígidas. Os nomes dos perfumes muitas vezes dão pistas de sua indicação de uso: Sport, Aqua, Intense, Night…

Homem No Espelho - Perfume como comprar e aplicar

É melhor usar uma marca só? Ou pode-se variar à vontade?

É questão de gosto. Muitos homens tendem a ser conservadores e a usar sempre a mesma marca, como assinatura pessoal. Mas hoje há tantas opções que vale a pena arriscar e experimentar as novidades. Fragrâncias podem ser grandes aliadas masculinas para elevar a autoestima e aumentar o poder de atração. Dá para ter um perfume diferente para cada ocasião ou intenção.

Quantos perfumes um homem deve ter?

No mínimo dois: um para o uso diário e outro para a noite e as ocasiões especiais. Mas à medida que você vai desenvolvendo sua capacidade olfativa, pode ter vários perfumes em uso ao mesmo tempo.

Em que lugares do corpo se deve aplicar?

Pescoço, pulsos e peito são os pontos ideais. Evite aplicar próximo ao rosto, é claro, e no cabelo — todo perfume contém álcool, que resseca os fios. Borrifar perfume na roupa? Jamais.

Homem No Espelho - Perfume como comprar e aplicar

Qual a quantidade certa para aplicar?

Bastam uma ou duas borrifadas nos pontos descritos acima. Nunca exagere na quantidade e sempre avalie a ocasião — se é uma reunião de trabalho, um encontro, um jantar ou uma balada.  Leve em conta se vai estar ao livre ou em um recinto fechado.

Como combinar o perfume com o desodorante e o pós-barba?

Misturar cheiros nunca é uma boa. O ideal é usar perfume, desodorante e loção pós-barba da mesma marca. Quando a fragrância que você usa não oferece esses outros produtos, melhor optar por desodorante e pós-barba sem cheiro ou com perfume bem discreto. Cuidado com os desodorantes tipo body spray, formulados para uso no corpo todo, que geralmente têm perfume mais forte.

SIGA O HOMEM NO ESPELHO NO INSTAGRAM