Usar máscara não prejudica seu desempenho na academia

Getting your Trinity Audio player ready...

Boa notícia: um estudo médico comprovou que o uso da máscara não compromete a performance ou o resultado dos exercícios, mesmo em treinos intensos.

Homem No Espelho - Usar máscara não prejudica seu desempenho na academia

Por Wilson Weigl

Imagens: Yunus A. Akbulut @yunusaah

Apesar de a pandemia do coronavírus não estar controlada, as academias reabriram e, felizmente, todo mundo está levando a sério a obrigatoriedade do uso de máscara nos treinos. Mas muita gente tem dúvidas se o acessório não compromete o resultado tanto da musculação quanto do exercício aeróbio, por atrapalhar a respiração, tão fundamental na atividade física.

A boa notícia é que um estudo médico conduzido pela da Universidade de Saskatchewan (USask), do Canadá, comprovou que a máscara não compromete o desempenho nos exercícios, mesmo em treinos intensos. A máscara não interfere no nível de esforço, nem afeta os níveis de oxigenação do sangue e dos músculos.

Verdade que a máscara incomoda e deixa a sensação de provocar mais cansaço por causa da maior dificuldade de respirar. A máscara não diminui a concentração de oxigênio da respiração, apenas reduz o fluxo de ar. O desconforto ao usar é um preço baixo a pagar, levando em conta que ela funciona como uma barreira protetora contra o coronavírus.

O estudo reforçou também a importância do uso da máscara nas academias, até mais do que em outros tipos de recintos fechados. As gotículas respiratórias podem ser impulsionadas ainda mais pelo ar devido à respiração pesada durante exercícios vigorosos. Ou seja, quanto mais forte a respiração, mais longe espalha-se a secreção respiratória que pode conter o coronavírus.

LEIA TAMBÉM

A principal questão era se o uso de máscara durante exercícios vigorosos pode diminuir a captação de oxigênio ou aumentar a reinalação de dióxido de carbono, levando a uma condição chamada hipóxia, causada pela diminuição no transporte de oxigênio pelo sangue até os tecidos do corpo. A hipóxia é extremamente perigosa para o coração, por causar infarto, e para o cérebro, que é extremamente sensível à privação de oxigênio, aumentando o risco de desmaio ou até de isquemia.

Homem No Espelho - Usar máscara não prejudica seu desempenho na academia

Felizmente o estudo da USask não encontrou evidências que sustentassem essas preocupações. “As pessoas podem usar máscaras durante exercícios intensos sem efeitos prejudiciais no desempenho esportivo e na oxigenação do corpo”, afirmou Phil Chilibeck, professor de kinesiologia da universidade, um dos autores da pesquisa, publicada no jornal científico International Journal of Environmental Research and Public Health.

Na avaliação, os participantes fizeram os mesmos testes três vezes (uma com máscara cirúrgica, outra com máscara de tecido e finalmente sem máscara). Em cada vez, foram medidos seus níveis de oxigênio no sangue, nos músculos e no nível de fadiga. A avaliação não descobriu diferenças significativas nos resultados dos testes com e sem máscaras.

Siga estas recomendações ao treinar de máscara:

  • Na musculação, aumente o tempo de descanso entre as séries.
  • Caso sinta tontura ou falta de ar, para imediatamente de treinar.
  • Escolha uma máscara confortável e que se ajuste bem a seu rosto.
  • Não use máscara molhada ou suada, pois ela dificulta ainda mais a respiração.
  • Evite tocar a máscara durante o treino (por exemplo, tirando e pondo ou abaixando o pano do nariz).
https://www.instagram.com/homemnoespelho/

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.